segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Coçem os c.. Camões

Saudações caros leitores

O assunto que hoje me traz aqui não é o mais favorável a uma boa gargalhada, pelo menos da minha parte, é que hoje tive teste de português e não me correu particularmente bem.
A primeira coisa que tenho a dizer é o seguinte: Se o senhor Luís Vaz de Camões se cruzar comigo na rua está lixado porque vai ser espancado até à morte. Só há um pequeno condicionante aqui, dadas as leis da natureza, não será possível efectuar este acto mórbido porque, caso não saibam, este individuo já faleceu há uns valentes séculos. E aí é que está o fundo da questão! Alguém na sua plena lucidez me explica porque raio estudamos em português este senhor que “canta” os grandes feitos heróicos que foram os nossos descobrimentos? Ninguém explica! Isto é como eu discutir com um portista que o Benfica há 40 e tal anos atrás ganhou duas Ligas dos Campeões! Epá, ninguém se lembra…

Isto tudo porquê? Não faz sentido apoiarmos todo o nosso orgulho em feitos heróicos que se passaram há não sei quantos séculos. Não faz… Ainda por cima o senhor para além de ser vesgo, tem uma maneira muito esquisita de escrever. “Ah e tal, era assim que se escrevia na altura”, epá tá bem, mas querem que eu comece escrever “cousas” em vez de “coisas”? “Ñua” em vez de “numa”? Não querem, pois não?
O que estão a fazer ao pôr-nos a estudar isto é enterrar ainda mais a nossa nação que já não tem bases de orgulho.
Vocês acham que os gregos lá na escola andam a estudar o Cavalo de Tróia e o Aristóteles? Não! Estudam a estratégia utilizada por Otto Reagel na final do Euro2004 onde dizimaram a equipa portuguesa! E agora? Ah pois é…

Se o governo tivesse este brilhante raciocínio ia-nos por a estudar o mecanismo do Magalhães, e porquê? Porque para eles isso é que foi um grande feito, uma grande descoberta!

Nisto deixo-vos a pensar, ou simplesmente a queimar todos os vestígios que haja em vossa casa do Camões.

Beijinhos e abraços.

I’ll be back.

3 Palmadinhas:

Amy Nobody. disse...

Concordo, camões ia lixar-se à grande. Cabr**, parece que abre a boca ("") e só lhe saem oitavas e versos decassilabicos, fala fala e acaba por nao dizer absolutamente nada que nos interesse para o que quer que seja.
AH e tal, no tempo da minha tris-tetra-tris-tetravó..pois sim, mas agora o tempo é outro, a queridissima tris-tetra-tris-tetravó ja morreu, e ninguem quer saber disso para nada!!
Sabes o que era bom? na escola, uma queimada de todos os livros dos Lusiadas x'D ia ser o maior numero de pessoas c os lusiadas na mao alguma vez visto!

O que achas?
uã cousa destas nunca antes acontecida xD

Hugues de Payens disse...

Boa.


falta é os créditos ao Rodrigo ali, pela introdução (ui) do tema :(

exijo meus louros e minhas loiras!

Batata disse...

Isso é tudo muito bonito... Mas cá para mim, só para mim isso é uma desculpa para nao teres uma nota muito boa ! mas fica só entre nós. Eu provavelmente tbm a vou usar.

Beijinho*

 
Copyright 2009 HUMANAMENTE CORRECTO. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator