segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

2009 e meio...

Cá estou eu outra vez…

Mas pela última vez em 2009! Quero ouvir um “OOOOOOOOOOOH”… Não chegou. Tentem mais alto quando já toda a gente dormir aí em casa.

Ora bem. Para quem acompanha e para quem nunca leu este blog, sabe que sempre tentei marcar a diferença pelo que escrevo. Bom, hoje vou fazer aquilo que nunca o Ser Humano sequer sonhou escrever… Um rescaldo do ano que está a findar! Nunca ninguém pensou nisto. Nunca…

A pertinência do título? Ainda bem que perguntam. Este ano de 2009 foi tão recheado e, vá lá, fofo, que merecia uma pequena continuação, nem que fosse só meia, mas merecia.

Vamos lá recapitular isto. Obviamente que me vai falhar um ou outro acontecimento, mas focarei apenas os mais marcantes:
Sporting Clube de Portugal perde pela segunda vez consecutiva (em duas edições de existência da prova) na final da Taça da liga portuguesa para o (grande e glorioso) Benfica. Esta foi só para mostrar quem é que realmente manda aqui.
Agora fora de brincadeiras. A 20 de Janeiro Barack Obama toma posse do governo e torna-se o primeiro negro a chegar a chefe de estado de um país ‘ocidental’. Agora que já quase passou um ano, onde está a piada disto? Se foi só isto, foi fraquinho, estava à espera de mais. Mas se a piada está no cão de água português aí tá ganho e força nisso. Bo, estamos contigo, acaba com a guerra no Iraque, salva o mundo canino e já agora aproveito para dizer que a tua mulher, aquela cocker, anda a frequentar o canil de Sintra à noite. Por favor, apressa-te a fazer análises.

Foi também neste ano que atingimos o pico máximo da crise mundial que se vinha a arrastar. Pessoalmente achei um mimo. Já que este ano não houve incêndios e pessoas na televisão a chorar baba e ranho a gritarem “Aiii que desgraça é a minha vida!” a TVI compensou-nos com estadias à porta de empresas como a Delphi. Empresas à beira da falência com pessoas corridas a ponta pé porque não há dinheiro. E depois sempre aquela pergunta que para além de fugir ao cliché é sempre pertinente: “Como é que se está a sentir neste momento?”. Quando não há incêndios, há desemprego que também vende o faz chorar. Já que estamos neste tema aproveito para fazer uma chamadinha a esse grande guru do crime, Bernard Madoff. Quanto é que este menino levou de pena de prisão? 150 anos? Ui… É de homem. Beijinhos Bernard e tem uma boa estadia. Parece muito tempo, mas não é. As coisas boas infelizmente passam num instante.

Entre quedas de aviões no meio do Atlântico e mortes em Hollywood houve uma coisa que me surpreendeu bastante. Era algo que não esperava e fiquei deveras chocado com tamanha brutalidade. Ninguém diria que isto ira acontecer… Ataques bombistas na Faixa de Gaza. Sim, foi uma surpresa para todos nós, mas se dermos as mãos alcançamos a paz e voltamos a gelar os pólos.
Outra… Cimeira de Copenhaga. Um máximo. Como é que vocês acham que os líderes mundiais foram para lá? De avião? Para poluir? Não não, nem pensar! Cimeira ambiental que é cimeira ambiental vai-se a pé tipo muçulmanos para Meca. Outros vão a nado como o Obama, agarrado ao Bo. E o Lula da Silva… Mas esse só de nome, pronto, ao nadar já estava em território que lhe pertencia. Não há cá excessos, olha aí a camada de ozono. Durante a Cimeira, no Iraque já só se explodiam 60 ou 70 bombas por dia, já nem chegavam às 500. No Afeganistão os americanos passaram a usar balas bio degradáveis. Isto é só para vocês não se meterem aí já com ataques a esses anjos que nos caíram do céu.

Por fim, o acontecimento que me deixou destroçado. E eu que achava que nada mais iria rebentar ou falecer e não é que mesmo no dia que precedeu o meu aniversário o Michael Jackson foge e convence toda gente que morreu? Isto não se faz… Há pessoas que gastaram as poupanças de uma vida para te ver dançar e cantar e tu fazes uma destas? Pareciam fãs de Tokio Hotel a chorar quando o coisinho que canta disse que não ia actuar no Pavilhão Atlântico porque fez dói dói no pipi. Michael, então?
Agora que ele já não está a ler vou-vos contar a verdade. Pouco tempo antes do Michael nos deixar conferenciei com ele num café pacato aqui ao lado de minha casa. E eu desconfio que ele tenha ido ter com o Pai Natal e a Maddie. Mas também não descarto a hipótese de uma estadia no harém do Bin Laden. Michael volta, estás perdoado.

E foi um pouco disto que se passou este ano. Não escrevo mais porque certo engenheiro que já foi ministro do ambiente e agora é primeiro ministro num país que fica na Europa ocidental… Ao lado de Espanha, limitou-me as palavras, portanto vou apenas terminar com um ‘pum’ dedicado ao Engenheiro José Sócrates ao qual desejo um ano maravilhoso, mas no sofá a gerir as suas compras e vendas do jogo Monopólio.

Bom ano novo para vocês, menos para os chineses, que esses são muito à frente.

I’ll Be Back.

2 Palmadinhas:

Rita disse...

Liiiiindo :D
Vais ter o meu pai a roer-te os pés (Sportinguista!!)

Bisus querido *

Isabel disse...

grande Jota! o texto é brutal...

feliz ano novo para ti (e viva o benfica) ;)

beijinho

Isabel

 
Copyright 2009 HUMANAMENTE CORRECTO. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator