segunda-feira, 22 de março de 2010

Iogurtes sem sabor, mas com nacionalidade.

Pimba!

Quem é que já provou o novo iogurte grego da Danone? Pois, eu também não, mas também não estou muito curioso. Já deram uma enormidade de sabores a iogurtes, deve haver alguns até com sabor a carapaus à espanhola. Agora é iogurtes com nacionalidade...

O iogurte grego será um iogurte com muito pouco sucesso em Portugal. Deve ser um iogurte que provoca uma certa azia na última colher. Desconhecia esta produção de iogurtes na Grécia e não me parece que seja uma boa iniciativa para combater a crise. Nós temos o Magalhães, mas pronto.

Imaginem como será o iogurte com outras nacionalidades... Os americanos, a partir do ano passado, devem ser apenas de chocolate, não podem ter outra cor. O argentino, colombiano, venezuelano, cheira-se, não se come. O iraniano deve ser tipo LISTERINE, mas em versão iogurte, do género, "UMA BOMBA NA SUA DIGESTÃO".

Estive a pensar num português, mas derivado à crise de iogurtes não encontrei nenhum. Ainda assim penso que já decorre um processo de nacionalização de alguns iogurtes de guaraná e banana cabo-verdiana.

Foi só. Despeço-me porque tenho um iogurte islandês no micro-ondas e já está pronto.


I'll Be Back.

3 Palmadinhas:

Joana Alexandre disse...

Essa dos iogurtes com nacionalidade está boa. Inventam de tudo...

Mas na onda de invenção de novos sabores de iogurtes, eu proponho o seguinte: "Iogurte Nuno" com sabor a frango, só com 3% de açúcar. Era capaz de ser giro!

O Jota disse...

Brutal!!! xD

Diana Silva disse...

onde posso comprar um iogurte islandês?

 
Copyright 2009 HUMANAMENTE CORRECTO. Powered by Blogger
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress by Wpthemescreator